Visualizar
Loading...

sábado, 2 de maio de 2015

Grupo foi localizado em Padre Carvalho, após cumprimento de mandado.
PM apreendeu 18 pregos que são utilizados para furar pneus de viaturas.

Do G1 Grande Minas
Padre Carvalho (Foto: Polícia Militar)PM apreendeu munições, pregos e algemas
(Foto: Polícia Militar)
Cinco pessoas foram presas, nesta sexta-feira (02), durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em Padre Carvalho, no Norte de Minas. Eles são suspeitos de envolvimento em explosões de caixas eletrônicos na região.
O mandado foi expedido após a Polícia Militar ter recebido várias denúncias anônimas. Na casa onde os suspeitos estavam, os militares apreenderam 24 munições, 83 algemas utilizadas durante crimes para imobilizar as vítimas. Além de 18 pregos do tipo esteira, que segundo a PM, são utilizados no momento da fuga para furar pneus da viatura da Polícia Militar.
Ainda de acordo com a polícia, os pregos apreendidos possuem a mesma característica dos que foram utilizados por criminosos, durante uma explosão de caixa em Padre Carvalho, em janeiro de 2014.
Os cinco homens tem passagens nos meios policiais por porte ilegal de arma, tráfico de drogas, roubos, homicídio. Eles foram encaminhados à delegacia, juntamente com o material apreendido.
Visualizar

Menor é detido com 3,5 quilos de maconha em Montes Claros

Adolescente disse que transportava a droga para outra pessoa na LMG-653.
Ele já possui passagens por tráfico de drogas.

Menor afirmou que a droga seria transportada para outra pessoa. (Foto: Divulgação/PM)Menor afirmou que a droga seria transportada para
outra pessoa. (Foto: Divulgação/PM)
Um adolescente de 17 anos foi detido nesta sexta-feira (1º) suspeito de tráfico de drogas emMontes Claros, no Norte de Minas.
Segundo a Polícia Militar, militares faziam patrulhamento na rodovia LMG-653, sentido ao Bairro Alto Boa Vista, quando avistaram o menor e um motociclista em atitudes suspeitas às margens da via.
“Resolvemos fazer a abordagem, mas quando fizemos o retorno o motociclista conseguiu fugir. Abordamos então o menor que portava cerca de três quilos e meio de maconha”, explica o sargento Rively de Andrade.
Ainda segundo o sargento, o menor afirmou que a droga seria entregue em um local chamado Treininho, entre os Bairros Santo Antônio e Vila Anália, na MG-308. “A droga, segundo o menor, era do motociclista que havia prometido pagar R$ 100 após a entrega da droga no Treininho”, diz o sargento.
Os militares fizeram buscas na região, mas o motociclista não foi localizado. O menor, que já possui outras passagens por tráfico de drogas, foi encaminhado para a delegacia.
Visualizar

PM chegou até eles depois de abordar um usuário de drogas. 
Parte da droga estava escondida dentro de banheiro. 

Do G1 Grande Minas
DRogas apreendidas com os dois rapazes (Foto: Divulgação / Polícia Militar)DRogas apreendidas com os dois rapazes
(Foto: Divulgação / Polícia Militar)
Dois homens, de 20 e 22 anos, foram presos por tráfico de drogas em Salinas (MG), nesta quarta-feira (29). Os policiais militares chegaram até os dois depois de abordar uma pessoa que havia comprado entorpecentes. Ela apontou onde havia comprado as substâncias.

Um dos rapazes foi abordado na porta da casa, o outro estava dentro do imóvel. No banheiro da residência, foram apreendidos 20 papelotes de cocaína. Dentro da casa, a polícia apreendeu também um papelote da mesma droga e uma bucha de maconha.

Os dois foram levados para a delegacia.
Visualizar

Suspeitos de assaltar dono de lotérica são presos em Montes Claros

Eles abordaram a vítima no Bairro Roxo Verde e fugiram em uma moto.
Vítima anotou placa do veículo e suspeitos foram identificados.

Do G1 Grande Minas
Armas e drogas foram encontradas na casa de um dos suspeitos (Foto: Leandro Sena / Inter TV)Armas e drogas foram encontradas na casa de um
dos suspeitos (Foto: Leandro Sena / Inter TV)
Dois homens foram presos na tarde desta segunda-feira (27) suspeitos de assaltarem o dono de uma casa lotérica em Montes Claros, Norte de Minas. De acordo com a Polícia Militar, três suspeitos participaram no crime, mas um continua foragido.
Ainda de acordo com PM, o empresário carregava um malote com mais de R$ 5 mil em cheques. Ele foi abordado na rua pelos autores, no Bairro Roxo Verde. Os suspeitos, que estavam armados, fugiram em uma motocicleta. A vítima anotou a placa do veículo e os autores foram identificados.
Na casa de um dos suspeitos, no Bairro Vera Cruz, foram encontradas armas, munições, celulares e drogas. O malote e os cheques não foram encontrados. Os dois foram presos e encaminhados à Delegacia de Plantão.
Visualizar

Organizadores de evento de MMA são presos por estelionato em MG

Evento foi realizado neste sábado (25) em Montes Claros.
Lutadores e prestadores de serviço alegam serem vítimas dos organizadores.

Do G1 Grande Minas
Lutadores e prestadores de serviço foram à delegacia afirmando serem vítimas dos organizadores. (Foto: Vinícius Matos/Inter TV)Lutadores e prestadores de serviço foram à delegacia afirmando serem vítimas dos organizadores. (Foto: Vinícius Matos/Inter TV)
Os dois organizadores do evento de MMA Fire Cage foram presos na madrugada deste domingo (26) suspeitos de estelionato em Montes Claros, Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, os dois são acusados de não pagarem os valores combinados aos lutadores e prestadores de serviço do evento.
Ainda segundo a PM, a confusão começou logo após o término do evento, quando os responsáveis informaram que não teriam como arcar com as despesas. Testemunhas relataram que os organizadores foram ameaçados ainda dentro do ginásio Poliesportivo, mas foram retirados do local por policiais militares.
Os dois foram presos e encaminhados à delegacia de Plantão para prestar depoimento. Várias pessoas compareceram ao local alegando serem vítimas dos organizadores. Até o início da tarde algumas vítimas ainda aguardavam para depor sobre o assunto.
Os advogados dos dois presos não foram encontrados para falar sobre o assunto.
Visualizar

Trabalho começa nesta sexta (1º) e termina no domingo (3).
Expectativa é de aumento de 20% no movimento, diz inspetor.

Alex RochaDo G1 Triângulo Mineiro
Rodovia BR-050 entre Uberaba e Delta (Foto: Caroline Aleixo/G1)PRF espera aumento de 20% no movimento
(Foto: Caroline Aleixo/G1)
Com foco no feriado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) desenvolve a partir de 0h desta sexta-feira (1º) a Operação “Dia do Trabalho”. O trabalho será realizado nas rodovias BRs 262 e 050, no perímetro de Uberaba. O trabalho será encerrado na noite de domingo (3).
De acordo com o inspetor Márcio Reis, a expectativa é de aumento de 20% no movimento, por causa do feriado e da Expozebu, organizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).
“Haverá restrição na pista simples da BR-262 para veículos longos, focaremos o trabalho com o etilômetro e o combate ao excesso de velocidade através de radares. A recomendação é andar dentro dos limites de velocidade da via e que os motoristas evitem bebida alcoólica. É muito importante que o carro esteja revisado e com os pneus em bom estado”, afirmou.

Condenado por pedofilia, advogado é levado para penitenciária em Uberaba

Levi Cançado foi encontrado em Igarapava (SP).
Ex-chefe de cartório foi condenado em 2009.

Do G1 Triângulo Mineiro
Prisão Levi Cançado pedofilia Uberaba Igarapava Polícia Civil (Foto: Polícia Civil de Uberaba/ Divulgação)Levi estava foragido e foi encontrado em Igarapava  (Foto: Polícia Civil de Uberaba/ Divulgação)
O advogado e ex-chefe de cartório eleitoral em Uberaba, Levi Cançado Lacerda, condenado por pedofilia, foi preso nesta quarta-feira (29). Ele foi encontrado em Igarapava (SP) e encaminhado para a Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, em Uberaba, ainda na noite de quarta-feira. 
A operação teve a participação de investigadores da Polícia Civil de Uberaba, sob o comando do chefe de Departamento Ramon Tadeu Carvalho Bucci, e policiais militares do Estado de São Paulo. 
Levi Cançado foi indiciado em 2008, por estupro e atentado violento ao pudor de várias crianças e adolescentes. Em 2009, ele foi condenado a pena de  24 anos, cumprindo três anos e oito meses, saindo da Penitenciária de Uberaba depois de ser agraciado com um habeas corpus.
Levi chegou a ir ao Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou uma decisão que autorizava ele a responder em liberdade. Em seguida, ficou determinado por ministros que o mandado de prisão deveria ser expedido pela comarca de Uberaba, e desta forma Levi saiu livre de audiência realizada em abril deste ano.
Diante da situação, um advogado que acompanhava a sessão chegou a pegar Levi Cançado Lacerda, pela gola da camisa, pedindo a policiais que o encarcerassem imediatamente na saída do STF, mesmo sem ordem de prisão.
Após ser expedido um mandado de prisão pela comarca de Uberaba, o chefe de Departamento, Ramon Bucci determinou uma busca. A prisão não teve nenhum contratempo e Levi foi levado para a penitenciária em Uberaba. O G1 não conseguiu ouvir o ex-chefe de cartório.
Visualizar

Militares constataram que carro era roubado por aplicativo de celular.
Três pessoas foram detidas; carro e arma foram apreendidos.

Anna Lúcia SilvaDo G1 Centro-Oeste de Minas
Polícia evita assalto em Santo Antônio do Monte (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Material foi apreendido com o trio
(Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Policiais militares que estavam de folga emSanto Antônio do Monte conseguiram auxiliar na prisão de três pessoas. A suspeita é de que o trio iria praticar roubos na cidade.
Dois militares de folga viram um carro com placas de Nova Serrana e pesquisaram sobre o veículo em um aplicativo de celular. Foi constatado que o veículo era roubado.
Em seguida, os militares acionaram uma viatura no quartel da cidade, que iniciou rastreamento. Os suspeitos, de 21,28 e 32 anos, foram abordados e uma arma foi encontrada. No carro havia ainda uma mochila com roupas diferentes, possivelmente para que eles trocassem após alguma ação criminosa, segundo a PM. Também foram encontradas fitas adesivas e cordas.
Visualizar

Armas, gaiolas e pássaros são apreendidos em Muriaé

Também foram apreendidos veículos e drogas nesta quinta (30).
Quatro pessoas foram detidas pela Polícia Militar (PM).

Do G1 Zona da Mata
Operação Alferes Tiradentes Muriaé (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Quatro pessoas foram detidas durante a Operação "Alferes Tiradentes", em Muriaé, nesta quinta-feira (30). A Polícia Militar (PM) ainda apreendeu dois veículos, 12 armas de fogo, 115 munições, 20 gramas de maconha, cinco potes de espoletas, 86 tubos de pólvora e nove de chumbinho. Durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, 31 pássaros da fauna silvestre, 25 gaiolas e seis amansadores de pássaros também encontrados. Mais detalhes sobre a operação, que também ocorreu em outras cidades do estado, não foram divulgados. (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Visualizar

Suspeitos são detidos com drogas e cigarros nas Vertentes

Em São João del Rei, 125 pedras de crack foram apreendidas.
Em Barroso, suspeito foi detido por contrabando em operação.

Do G1 Zona da Mata
Operação Alferes Tiradentes São João del Rei Matosinhos (Foto: PM São João del Rei/Divulgação)Drogas, facas e dinheiro foram apreendidos
(Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Dois homens foram detidos em São João del Rei e Barroso, no Campo das Vertentes, durante cumprimento de mandados de busca e apreensão, nesta quinta-feira (30). Com eles foram apreendidos veículos, drogas e armas.
As ações fizeram parte da Operação “Alferes Tiradentes”, que foi realizada em todo o estado nesta quinta-feira pela Polícia Militar (PM). No Campo das Vertentes, foram realizadas blitzen e também cumprimentos de mandados em casas de pessoas suspeitas na área do 38º Batalhão da PM.
O balanço completo com os números de detenções e apreensões ainda não foi divulgado pela regional da PM.
Um dos suspeitos, de 31 anos, foi detido na Avenida Santos Dumont, no Bairro Matosinhos. No local, foram apreendidas 125 pedras de crack, dois tabletes pequenos de maconha, um aparelho celular, duas motos, quatro invólucros de crack, dois punhais e embalagem para drogas.
Em Barroso, outro suspeito, que não teve idade divulgada, foi localizado em casa. A PM foi até o local para cumprir um mandado de busca e apreensão por suspeita de posse de arma de fogo, que não foi comprovada.
Operação Alferes Tiradentes Barroso 2 (Foto: PM Barroso/Divulgação)Materiais apreendidos em casa de suspeito em
Barroso (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
No entanto, em um quarto nos fundos, foram localizados vários materiais que são comumente furtados nos canteiros de obras de uma empreiteira na cidade, conforme registros feitos na PM. O suspeito disse à polícia que os materiais foram adquiridos em um “topa-tudo” e não apresentou comprovação de origem.
Ainda de acordo com a PM, foi localizado e apreendido um cofre, do qual o suspeito alegou não ter as chaves, além de dizer que não se lembrava do segredo. Após verificação por chaveiro de que não seria possível abrir sem danificar, ele foi encaminhado fechado para a Polícia Civil.
Ainda foram apreendidos rádios de comunicação, pacotes de cigarros que configuram o crime de contrabando, motivo pelo qual o homem foi detido.
Em São João del Rei, a Polícia Civil informou que várias ocorrências da operação ainda estão em andamento na manhã desta sexta-feira (1º) e não é possível divulgar outras informações sobre esses dois casos.
Visualizar

Duas embarcações e vários materiais de pesca foram apreendidos.
Cinco suspeitos pagaram fiança e foram liberados após serem autuados.

Caroline AleixoDo G1 Triângulo Mineiro
Cinco pessoas são autuadas em operação do IEF em Uberlândia (Foto: Divulgação/PM)Trabalho ocorreu na  represa de Capim Branco
(Foto: PM/Divulgação)
Cinco pessoas foram detidas suspeitas de pesca ilegal em Uberlândia nesta quinta-feira (30). O resultado é decorrente de uma operação realizada pelo Núcleo de Fiscalização do Instituto Estadual de Florestas (IEF), em conjunto com a Polícia Militar de Meio Ambiente.
Os trabalhos duraram cerca de sete horas na represa de Capim Branco. Também foram apreendidas duas embarcações que estavam em local proibido, 4 quilos de pescado e vários materiais de pesca, como molinetes, carretilhas e dois motores de embarcação.
Os materiais foram apreendidos pelo IEF e os suspeitos conduzidos à delegacia pelo crime previsto na lei 9.605, que configura ilegalidade pescar em período no qual a pesca seja proibida ou em lugares interditados por órgão competente. O grupo pagou fiança e foi liberado.
Visualizar

Oito pessoas se envolveram em duas ocorrências registradas pela PM.
Um dos adolescentes havia sido detido pelo mesmo motivo no dia anterior.

Do G1 Zona da Mata
Tráfico de Drogas Juiz de Fora (Foto: Reprodução/TV Integração)Oito pessoas foram detidas por tráfico de drogas
(Foto: Reprodução/TV Integração)
Oito pessoas foram detidas suspeitas de tráfico de drogas na noite desta quinta-feira (30) emJuiz de Fora. Entre eles, um adolescente de 15 anos, que havia sido detido pelo mesmo motivo no dia anterior.
Quatro adolescentes de 13, 15 e 17 anos foram encontrados no Bairro Vila Olavo Costa e no distrito de Paula Lima. Os outros suspeitos são três jovens de 19, 22 e 24 anos, além de uma jovem de 21, que foram presos.
Segundo a Polícia Militar (PM), durante uma operação no Bairro Vila Olavo Costa, dois adolescentes de 15 anos foram encontrados com 30 pedras de crack e uma arma de fogo. Eles tentaram fugir, mas foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil. Um deles havia sido detido pelo mesmo motivo no dia anterior.
Na outra ocorrência, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão no distrito de Paula Lima, a PM apreendeu uma moto, 45 pedras de crack, cocaína e maconha, além de R$ 2.738. No local, um adolescente de 13 anos, uma adolescente de 17, três jovens de 19, 22, 24 e 21 anos e uma jovem de 21 foram detidos e encaminhados à delegacia.
A Polícia Civil informou que os quatro adolescentes envolvidos nas ocorrências foram liberados. Os jovens foram presos após prestarem depoimento.
Visualizar

PM cumpre mandado de busca e apreensão e prende 4 em Bambuí

Grupo é suspeito de tráfico de drogas no município.
Com eles a polícia encontrou mais de 10 porções de maconha.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
Polícia apreende drogas em Bambuí (Foto: Marco Antônio/Tv Bambuí)Polícia apreende drogas em Bambuí
(Foto: Marco Antônio/Tv Bambuí)
Quatro pessoas foram presas suspeitas de tráfico de drogas na Rua Vigário Protásio, no Bairro Cerrado, em Bambuí.
A prisão ocorreu em cumprimento a um mandado de busca e apreensão da Polícia Militar nesta quarta-feira (29).
Entre as pessoas presas está uma jovem de 19 anos e um de 18, que já era conhecido no meio policial quando era adolescente, além de outros dois jovens de 22 e 28 anos. 
Ainda segundo os militares, no local foram localizadas dois tabletes grandes de maconha e oito tabletes médios da droga, mais diversas porções prontas para o comércio.
Os quatro presos e o material apreendido foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Bambuí.
Visualizar

PM apreende 1,5 kg de maconha e R$ 10 mil em São Lourenço, MG

Dois mandados de prisão foram cumpridos na cidade durante operação.
Homem de 61 anos foi preso; menor de 16 foi detido com moto clonada.

Do G1 Sul de Minas
Uma operação da Polícia Militar apreendeu R$ 10 mil em dinheiro, 1,5 kg de maconha e uma motocicleta clonada em São Lourenço (MG), na manhã desta quinta-feira (30). Segundo a PM, foram cumpridos dois mandados de prisão. Um menor foi apreendido e um homem foi preso.
O menor de 16 anos foi encontrado na casa dele, onde a polícia encontrou a motocicleta clonada. Segundo a PM, o veículo teria sido usado em um roubo a um posto de combustíveis recentemente na cidade.
O outro mandado foi contra um homem de 61 anos. Com ele, foram encontrados o dinheiro e a maconha. Os dois suspeitos foram levados para a delegacia da cidade. O material foi apreendido pela polícia.
PM apreendeu 1,5 kg de maconha e R$ 10 mil em dinheiro em São Lourenço, MG (Foto: Polícia Militar)PM apreendeu 1,5 kg de maconha e R$ 10 mil em dinheiro em São Lourenço, MG (Foto: Polícia Militar)
Visualizar

Objetivo é cumprir mandados e fazer abordagens a veículos e pedestres.
PMs também farão batidas e vão combater o tráfico de armas e de drogas.

Do G1 MG
Armas apreendidas na 'Operação Alferes Tiradentes'  (Foto: Polícia Militar / Divulgação)Armas apreendidas na 'Operação Alferes
Tiradentes' (Foto: Polícia Militar / Divulgação)
A Polícia Militar (PM) realiza, nesta quinta-feira (30), nos 853 municípios de Minas Gerais, a “Operação Alferes Tiradentes". De acordo com a PM, a ação tem como objetivo cumprir mandados de busca, apreensão e prisão, além de fazer abordagens a veículos e pedestres. Os PMs também farão batidas policiais e vão combater o tráfico de armas e de drogas.
Ainda segundo a PM, os resultados parciais da operação serão divulgados no decorrer desta quinta-feira e o balanço final, nesta sexta-feira (1º).
Visualizar

Homem é detido por suspeita de caça predatória em Bambuí

Polícia apreendeu materiais para cartuchos e armas de fabricação caseira.
Ele estava na zona rural do município; suspeita é que ele caçava capivaras.

Do G1 Centro-Oeste de Minas
Polícia Ambiental apreende armas em Bambuí (Foto: Marco Antônio/Tv Bambuí)Polícia Ambiental apreendeu armas em Bambuí
(Foto: Marco Antônio/TV Bambuí)
Um homem de 34 anos foi detido nesta quarta-feira (29) suspeito de caça predatória na zona rural de Bambuí. Com ele foram apreendidas três armas de fogo de fabricação caseira.
Ainda foram encontrados materiais para recarga de cartuchos. A Polícia Militar de Meio Ambiente de Luz apreendeu três frascos de pólvora, um frasco de chumbo e mais de 190 espoletas.
Os policiais chegaram ao local após denúncia anônima, que informou que o suspeito estava atirando, possivelmente para caça predatória. A suspeita é que ele caçava capivaras.
O homem foi detido e, juntamente com o material apreendido, encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Bambuí.
Visualizar

Quadrilha é presa por roubos a ônibus e explosões de caixas em MG

Maior parte das prisões ocorreram em Uberlândia, disse comandante da PM
Vários produtos foram apreendidos; ação foi em conjunto com MP e PRF.

Fernanda ResendeDo G1 Triângulo Mineiro
Apreensão PM Uberlândia (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Dinheiro foi apreendido pela polícia
(Foto: Fernanda Resende/G1)
Uma quadrilha suspeita de praticar roubos a ônibus e carros e explodir caixas eletrônicos foi presa em Uberlândia na madrugada desta quinta-feira (30). As prisões ocorreram durante operação da Polícia Militar (PM) com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime (Gaeco - órgão integrante do Ministério Público) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). A ação levou o nome de "TNT" e os autuados foram apresentados em coletiva com a imprensa nesta manhã.
Segundo o comandante da 9ª Risp de Polícia Militar, coronel Volney Marques, 16 pessoas foram detidas, sendo uma em Ituiutaba. Ele disse também que na ação foram cumpridos 11 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão em diversos bairros de Uberlândia.
O coronel acrescentou que a operação foi resultado de uma investigação de seis meses envolvendo até escuta telefônica. A quadrilha agia nas regiões do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Eles também cometiam crimes no estado de Goiás. 
De acordo com o comandante, esta é a maior operação deste ano na cidade nessas modalidades criminosas. "Vamos continuar os levantamentos e os trabalhos em conjuntos para desmantelar outras quadrilhas e desventar outros tipos de crimes na cidade", disse. 
Operação conjunta levou o nome de 'TNT' (Foto: Fernanda Resende/G1)Operação conjunta levou o nome de 'TNT' (Foto: Fernanda Resende/G1)
O promotor da Gaeco de Uberlândia, Daniel Marotta Martinez, acrescentou que apesar do grupo agir na região, o centro e estrutura da organização ficava em Uberlândia. 

Conforme nota divulgada pela Diretoria de Imprensa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), os investigados estão envolvidos em pelo menos oito crimes graves, inclusive um assalto a ônibus na BR-452, há cerca de duas semanas, oportunidade em que uma das passageiras morreu. Daniel Marotta ressaltou que nos próximos dez dias vão ser feitas diligências complementares, estas que poderão apontar outros crimes da quadrilha e envolvimento de outras pessoas.
Com o grupo foram apreendidos veículos, drogas, máscaras, explosivos, coletes e armas de fogo, inclusive uma que foi levada da casa de um policial militar em outubro do ano passado. Vários materiais provenientes dos crimes foram recuperados. A inspetora Jane Santos, da PRF de Uberlândia, falou da importância do trabalho conjunto para o resultado. "Trabalhando em conjunto podemos buscar melhorias de qualidade e segurança dentro e fora das rodovias", comentou.
A operação envolveu 103 policiais militares (Missões especiais, 32º BPM e 17º BPM) e 37 viaturas. O balanço deve ser concluído na semana que vem, mas a polícia considera já operação positiva e afirmou que mais um grupo criminoso da cidade foi capturado. 
Detidos foram apresentados durante coletiva na 9ª Risp, em Uberlândia (Foto: Fernanda Resende/G1)Detidos foram apresentados durante coletiva na 9ª Risp, em Uberlândia (Foto: Fernanda Resende/G1)


Coletiva
Dos 16 presos, 15 foram apresentados em coletiva com a imprensa na manhã desta quarta-feira (30) na sede da 9ª Risp de Polícia Militar em Uberlândia. Entre eles estavam três mulheres e um homem de 58 anos.

Segundo a Polícia Militar, Robson Luiz Vieira, que tem o apelido de Gordinho, é apontado como o chefe do grupo. Para a reportagem o homem de 30 anos negou a informação e disse que com ele os militares só encontraram pouco dinheiro. 

Outro detido que falou com o G1 foi Dário de Andrade. O homem de camisa listrada e que tem 58 anos disse que é eletricista e que não tem nenhuma ligação com a quadrilha. Ele afirmou que nunca teve nenhuma passagem pela polícia e que estava com o filho no momento da prisão. Dário disse que o filho tomou o caminho errado, não ele. 
Os outros preferiram não se manifestar. 
Visualizar