Visualizar
Loading...

sábado, 10 de março de 2012

Suposto chefe de quadrilha em BH morava em Fabriciano

Vadson Leandro Salino nega liderança de quadrilha e envolvimento em 40 homicídios na Região Metropoliana de Belo Horizonte

I017490.jpg
O Fiat Idea placas HKH-7457, de Belo Horizonte, foi apreendido na garagem da casa de Vadson Leandro Salino que foi preso em sua residência no bairro JK

IPATINGA - A Polícia Civil apresentou nessa sexta-feira, na Primeira Delegacia Regional, em Ipatinga, um homem que seria o suposto chefe de uma quadrilha de traficantes no bairro Landi Primeira Seção, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Vadson Leandro Salino, de 29 anos, é de Belo Horizonte, mas atualmente mora na rua Seis, bairro JK, em Coronel Fabriciano, para onde tinha se mudado com a família. Segundo os delegados responsáveis pelas investigações, Vadson é integrante de uma das quadrilhas rivais que agem no bairro Landi.
Na quinta-feira (8), a PC apresentou, em Belo Horizonte, 13 suspeitos de tráfico e homicídios em Ribeirão das Neves, depois da Operação Impacto, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, quando também foram apreendidos carros, revólveres, munição e 500 gramas de cocaína. Foram cumpridos 17 mandados de prisão e ainda 18 de busca e apreensão.

A polícia de Coronel Fabriciano chegou a Vadson depois de ser informada por um delegado da PC de Belo Horizonte, na quarta-feira, de que o suspeito Vadson Leandro Salino havia conseguido fugir do cerco policial e se deslocado para o Vale do Aço. Na casa de Vadson Leandro Salino foi apreendido também o veículo Fiat Idea de placas HKH-7457, de Belo Horizonte.
O delegado regional da PC, João Xingó de Oliveira, informou que a polícia tem informação de que o suspeito reside, de fato, com a família no bairro JK, em Coronel Fabriciano. “Dr. Márcio nos repassou as características do suspeito e o endereço de onde poderia estar escondido.
Fizemos diligências e o prendemos na porta de casa. A nosso ver, é uma mansão. Não sei como ele mantém, talvez com o dinheiro do tráfico de drogas. Neste momento estamos retirando de circulação, com certeza, um dos homens mais procurados do Estado de Minas Gerais”, contou.
Ainda segundo o delegado regional, o suspeito tem envolvimento em um triplo homicídio, com tráfico de drogas e com crime de receptação. “Segundo informações de meus colegas de Belo Horizonte, ele está envolvido em cerca de 40 homicídios. Vamos averiguar se ele tem algum envolvimento com as mortes que ocorreram no ano passado e neste ano no Vale do Aço, porque ele está envolvido com substâncias entorpecentes, e se ele também abastece a região com drogas”, concluiu.
Armação 
Em entrevista à imprensa, Vadson Leandro Salino negou ter participação nos homicídios e envolvimento com o trafico de drogas. “Eu não moro no lugar (Landi), isto é armação que eles estão fazendo pra mim, mas eu vou conseguir provar. Eu trabalho como mestre de obras e não sou conhecido com chefe nenhum de tráfico e não tem ninguém que pode provar”, relatou.
Vadson contou que foi suspeito de um triplo homicídio em 2008 e que ficou 4 meses e 25 dias preso. “O próprio juiz viu que eu não tinha nada a ver, e falou pra eu sair do bairro, porque tudo iria cair em cima de mim. E em 2007 eu fui preso por cárcere privado e formação de quadrilha, que eles forjaram. Já sobre os 40 homicídios, jamais eu faria isso, tenho duas filhas para cuidar. Falaram que eu saí do cerco. Pergunto como, se tinha mais de duzentos policiais?”, concluiu.

Suspeito de 40 homicídios em Belo Horizonte é preso
Homem de 29 anos também é acusado de chefiar grupos responsáveis por tráfico e homicídios na capital mineira 

AKR 

Preso em Fabriciano, Vadson Leandro, de 29 anos, o ‘Bil’, (centro) integra a lista de criminosos mais procurados do Estado, onde é apontado pela polícia como um dos chefes do tráfico de drogas do Bairro Landi, na região de Ribeirão das Neves
FABRICIANO - Um suspeito investigado pela Polícia Civil de Belo Horizonte por 40 assassinatos foi preso na noite desta quinta-feira (08), no Bairro JK, em Coronel Fabriciano. De acordo com as investigações, Vadson Leandro Savino, de 29 anos, o ‘Bil’, integra a lista de criminosos mais procurados do Estado, onde é apontado pela polícia como um dos chefes do tráfico de drogas do Bairro Landi, na região de Ribeirão das Neves. O suspeito foi preso em virtude de um mandado de prisão temporária em aberto, expedido no início de fevereiro deste ano, pela 3ª Vara Criminal de BH.

Segundo a polícia, Vadson foi preso em uma casa luxuosa do Bairro JK. Seu veículo Idea, de placa HKH-2457, de Belo Horizonte também foi apreendido. O suspeito alegou trabalhar como encarregado de construção civil na capital, com rendimento de R$1.900 mensais. Mas, segundo investigações da PC de BH, que prendeu comparsas de ‘Bil’ em Ribeirão das Neves, sua ficha criminal é extensa e contem registros de 40 assassinatos, além de ele ser considerado chefe de grupos responsáveis por tráfico e homicídios no Bairro Landi de BH. CONTINUE LENDO...


Acusado de tráfico em BH é preso em Fabriciano

Vadson é acusado de integrar uma das principais quadrilhas em Ribeirão das Neves
Polícia Civil apresentou o acusado, preso em sua casa em Coronel Fabriciano

IPATINGA - A Polícia Civil de Coronel Fabriciano prendeu na madrugada desta sexta-feira (9) um dos principais suspeitos de integrar uma quadrilha em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte. 
Vadson Leandro Salino, 31 anos, foi preso em uma casa que possui na rua Seis, no bairro JK, em Coronel Fabriciano. Contra ele havia um mandado, determinado pela justiça de Belo Horizonte. 
O acusado foi apresentado formalmente na manhã de ontem na Delegacia Regional de Ipatinga. Segundo a polícia, ele conseguiu fugir na quinta-feira, durante uma operação realizada por policiais civis e militares. 
Segundo o delegado regional João Xingó, Vadson é acusado de chefiar uma das principais gangues no bairro Landi, em Ribeirão das Neves, e foi localizado no Vale do Aço depois que a PC daquela cidade informou que o suspeito estaria em sua residência em Coronel Fabriciano. “Nos foram repassadas as informações das características dele e de onde ele possivelmente poderia estar escondido”, afirma. CONTINUE LENDO...

0 comentários:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados.